Ligando tudo ao todo

Archive for the ‘Histórias em Quadrinhos’ Category

Marvel e DC contra a pirataria; SLG apóia scanners

In Direitos Autorais, Histórias em Quadrinhos, Internet on 11 dezembro, 2007 at 2:19 pm

Assim como os esforços da indústria fonográfica em impedir o download de músicas em redes de compartilhamento “ilegais” – que já fecharam uma série de grandes servidores desde o primeiro caso de distribuição de material em massa, o Napster – as grandes companhias de quadrinhos, Marvel e DC Comics, entraram com um recurso legal para fechar o fórum de discussão Z-Cult FM, um grande centro de distribuição de scans (HQs escaneadas, prontas para download).

 

O grupo de scanners (pessoas que escaneam HQs e outros materiais impressos) DCP (Digital Comics Preservation) foi um dos que recebeu o aviso. Eles são os maiores uploaders no Z-Cult FM. Um de seus membros, que utiliza o apelido de Oroboros, chegou a declarar no próprio fórum que seu grupo pararia de utilizá-lo.

 

A ação das editoras coincide com o lançamento de seus portais online pagos. O Zuda Comics, da DC, estreou no fim de outubro distribuindo apenas materiais autorais exclusivos. No começo de novembro foi a vez da Casa das Idéias estrear seu portal, o Marvel Digital Comics Unlimited, que conta com mais de duas mil e quinhentas HQs do acervo em papel da editora.

 

Hoje, a distribuição de scanners abrange todo o mercado de comics estadunidense. Além da Marvel e da DC, as grandes Image e Dark Horse dividem espaço com independentes como Dynamite, Top Shelf, Fantagraphics, Avatar Press e muitas outras, além de raridades e HQs antigas nas “prateleiras virtuais” dos servidores e comunidades de scan.

 

Muito já foi debatido pela imprensa especializada e por quem trabalha no mercado editorial. As opiniões se dividem. Joe Quesada e Dan Didio, respectivamente editores da Marvel e da DC, já declararam que o scan não é prejudicial às vendas de HQs, e sim outros fatores, como games, tentativas mal-sucedidas de mudanças (como os eventos A Morte do Superman e a Saga do Clone do Homem-Aranha, para citar dois exemplos), entre outros fatores. Outros, como o autor Dan Slott – que chegou a repudiar os scans na época em que escrevia Mulher-Hulk (leia mais aqui), levantam uma bandeira contra a preservação digital dos quadrinhos.

 

Poucas horas depois, o fórum respondeu oficialmente que os servidores voltariam a funcionar devido a demanda de downloads. Serj, o administrador do Z-Cult FM, alegou que, “porque o fórum está em um servidor fora dos EUA, as leis estadunidenses presentes nos documentos não se aplicam a ele”.

 

A editora independente SLG (Slave Labor Graphics), aproveitou para declarar o apoio ao Z-Cult FM, liberando o download gratuito de todo o material que publica, exceto os que foram lançados em parceria com a Disney, “por motivos óbvios”, como declarado em comunicado no site da SLG. São eles: Gargoyles, The Haunted Manssion, Tron e Wonderland.

 

A SLG declarou o ato como uma forma de expandir a visibilidade de seu site pago Eyemelt. O comunicado oficial ainda explica que a editora acredita em um mercado pago de quadrinhos, prova de uma distribuição mais abrangente do material.

 

A Marvel e DC Comics não avançaram no debate com o Z-Cult FM, que segue funcionando normalmente. A ação de ambas as editoras ainda é outro caso isolado da luta contra os scans, que pouco a pouco começa a tomar forma, seguindo os passos de outros debates envolvendo avanços tecnológicos e reprodução em massa, sem pagamento de direitos autorais. Mais uma vez, há um movimento independente que surge em apoio. Não será uma discussão breve sobre o assunto.

 

A Marvel Comics é uma das principais editoras de quadrinhos nos EUA, com personagens como Homem-Aranha, X-Men, Quarteto Fantástico, Hulk, Capitão América, Homem de Ferro, Thor e Demolidor. A empresa foi fundada em 1939 como Timely Publications e era conhecida como Atlas Comics na década de 1950. O lançamento do Quarteto Fantástico por Stan Lee e Jack Kirby e outros personagens no início da década de 1960 foi um marco importante para o sucesso que continua até hoje.

 

A DC Comics é atualmente uma das maiores editoras de quadrinhos nos EUA, conhecida por ser a casa de famosos super-heróis como Batman, Superman, Mulher-Maravilha, Lanterna Verde, Flash, Homem-Borracha, entre outros. Junto com sua linha adulta, Vertigo, e a linha Wildstorm, oferece diversidade para todas as idades. A DC produz mais de oitenta títulos por mês e cerca de mil por ano. Também é uma das mais antigas empresas do ramo, ultrapassando sessenta anos de publicação contínua.

 

A Slave Labor Graphics (SLG) Publishing é uma editora norte-americana de quadrinhos independentes fundada em 1986, por Dan Vado. Boa parte de seus títulos trazem temática gótica ou de humor negro, como Lenore, Gloomcookie, Nightmares & Fairy Tales ou Johnny the Homicidal Maniac. Em 2005, a editora firmou um contrato com a Disney para produzir quadrinhos baseados em franquias como Mansão Mal-Assombrada, o desenho animado Gárgulas, o filme Tron e Wonderland, que traz personagens do clássico Alice no País das Maravilhas.

 

Clique aqui para discutir o assunto fórum do HQManiacs.

 

Por : Artur Billy Batson

 

Fonte: http://hqmaniacs.uol.com.br/

Anúncios

Heath Ledger sorri para as câmeras

In Cinema, Histórias em Quadrinhos on 29 novembro, 2007 at 9:48 am

Heath Ledger (Coração de Cavaleiro), aparece finalmente na pele do Coringa, vilão do próximo filme do Batman.

 “Retornam para o segundo filme da nova franquia do homem-morcego Morgan Freeman (“A Soma de Todos os Medos“) como o diretor das Empresas Wayne e inventor Lucius Fox e Michael Caine (“Filhos da Esperança“) como Alfred, o fiel mordomo do herói. Ainda no elenco está Maggie Gyllenhaal (“Secretária“), substituindo Katie Holmes no papel da amiga de infância de Bruce Wayne, Rachel Dawes.

Dirigido por Christopher Nolan (“O Grande Truque“), o filme estréia nos EUA em 18 de julho de 2008.”

Fonte: http://www.cinemacomrapadura.com.br

Marvel Comics insiste em "andar pra trás"

In Código Aberto, Histórias em Quadrinhos, Internet on 17 novembro, 2007 at 9:32 pm

A Marvel Comics, para competir com a DC, que lançou sua linha de webcomics no mês passado, e com a Dark Horse, que está lançando uma série pelo MySpace, começa a colocar seu catálogo de quase 70 anos de quadrinhos online. O projeto chama-se Marvel Digital Comics Unlimited.2.500 revistas já estão disponíveis em marvel.com/digitalcomics/. Há desde clássicos – como as 100 primeiras edições de Fantastic Four e Amazing Spider-Man – até material bem recente – como New Avengers #1 e a linha infantil. Prevê-se acréscimo de 20 edições por semana ao sistema.

Indo contra a corrente, porém, o acesso à Marvel Digital Comics Unlimited é pago: US$ 9,99 pagam uma assinatura mensal, enquanto a assinatura anual sai por US$ 59,88 (US$ 4,99 ao mês). Mesmo o material que o site trazia como “amostra grátis” antes – a Marvel já tem quadrinhos completos no site desde 2001 – agora terá de ser pago.

E (até que alguém prove o contrário) nada pode ser baixado – as HQs têm de ser lidas via navegador. Há várias opções de visualização e ampliação. Para fazer um teste, é possível conferir os 250 gibis que a editora disponibilizou gratuitamente, por tempo limitado, aqui.

Por: Érico AssisFonte: http://www.omelete.com.br

Laerte: Hugo Para Principiantes [ ou causa´dique o nome deste blog ]

In Histórias em Quadrinhos, Ilustração, Variedades on 1 novembro, 2007 at 1:01 am

Um dos títulos deste Blog ( sim, ele tem dois) é baseado no livro do Laerte sobre o Hugo, não eu, mas outro, como eu, eu acho…

 

Hugo para Principiantes

Hugo Baracchini é um exemplar da raça humana, não muito exemplar. Os grandes temas, como vida, morte e sexo o enchem de dúvidas. Os pequenos temas também.

Ele tem um carro, uma namorada chamada Beth e um computador. Aliás, os computadores e tudo o que acontece no mundo da informática e da tecnologia (e como isso afeta a vida das pessoas) são o trampolim para as tiras deste livro, criação do cartunista Laerte, que foram publicadas originalmente no caderno de informática da Folha de S. Paulo.

Fonte: http://www.devir.com.br/

Previews